Container

Sinduscon - Pelotas

Endereço: Avenida Bento Gonçalves, 4825/A - Centro - Pelotas - RS - CEP 96.015-140

Telefone: (53) 2123-8090 -

Horário de Atendimento: Manhã 8:30 às 12:00 Tarde 13:30 às 18:00

Sindicato da Indústria da Construção e Mobiliário de Pelotas e Região

Para mais informações, clique na imagem!

Publicidade

Publicidade

Assine nossa mala direta e fique por dentro das principais novidades.

Patrocínio Master

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Notícias

CAMPANHA BUSCA RESTRINGIR USO DE APARELHOS CELULARES

Publicado 07 | Julho

Sinduscon e Sindicato dos Trabalhadores querem conscientizar operários

O uso de aparelhos celulares em canteiros de obras se transformou em uma preocupação para as construtoras e técnicos de Segurança no Trabalho. O problema está na falta de controle, o que acaba colocando em risco a segurança dos trabalhadores. Após vários debates, o Sindicato da Indústria da Construção e Mobiliário (Sinduscon) de Pelotas e Região e o Sindicato dos Trabalhadores da Construção resolveram lançar uma campanha de conscientização para restringir o uso dos equipamentos portáteis nos locais de trabalho. O ato oficial de apresentação dos materiais promocionais ocorreu na última sexta-feira (07), durante café da manhã, no auditório da Casa da Indústria, reunindo empresários e trabalhadores do setor.

Conforme a diretora do Sinduscon, Fátima Brito, a ideia neste primeiro momento é alertar os operários sobre os riscos eminentes  de acidentes pela falta de atenção. Segundo ela, na maioria das vezes os trabalhadores usam fones de ouvido para interagir com os equipamentos e se descuidam do que está ocorrendo ao redor. “Na obra, além da queda de produtividade, os trabalhadores ficam absorvidos em um outro mundo muito distante das tarefas que precisam ser executadas. Hoje, a troca de mensagens é um verdadeiro vício em todos os lugares”, alertou. Ela também adiantou que o sindicato vai aproveitar o momento para chamar atenção dos trabalhadores sobre os perigos do tabagismo e conscientizar o quanto é maléfico à saúde. Segundo a diretora, mais de 90% dos operários da construção fazem uso de cigarros e mais da metade são acometidos por doenças desencadeadas pelo fumo.

Durante o lançamento, os técnicos do Sistema Sesi/Senai apresentaram o novo posicionamento de integração das unidades para oferecer à comunidade industrial atendimentos eficazes que unifiquem as questões de educação, saúde, segurança, prevenção e lazer, encarando o indivíduo de forma única. O responsável pelos cursos profissionalizantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Danilo Leite, apresentou as modalidades que estão com inscrições abertas e ofereceu aos convidados uma mesa de pães, salgados, bolos e doces produzidos pelos alunos do curso de Panificação que está em andamento.

DIÁLOGO – Ao receber o primeiro kit de cartazes, o técnico de Segurança da Construtora ACPO, Rodrigo Larroque, disse que será preciso muita conversa para a conscientização dos trabalhadores. Ele confessou que a tarefa não será fácil, porém, a maioria sabe que a convenção da classe proíbe o uso dos aparelhos. “Não chegaremos impondo à equipe e muito menos ameaçando. Serão os diálogos e a troca de experiências desastrosas que contribuirão para a restrição dos equipamentos neste primeiro momento. Depois, aqueles que insistirem na prática estarão sujeitos às sanções previstas no dissídio”, alertou.

As ligações por celular serão permitidas, desde que autorizadas por um superior, e atendidas em um local delimitado pelo gestor. Nos intervalos, como o horário de almoço, o uso dos aparelhos fica liberado.

Fonte: Assessoria

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

publicidade pequena 180x150

publicidade pequena 180x216 3

publicidade pequena 180x150 2