Container

Sinduscon - Pelotas

Endereço: Avenida Bento Gonçalves, 4825/A - Centro - Pelotas - RS - CEP 96.015-140

Telefone: (53) 2123-8090 -

Horário de Atendimento: Manhã 8:30 às 12:00 Tarde 13:30 às 18:00

Sindicato da Indústria da Construção e Mobiliário de Pelotas e Região

Para mais informações, clique na imagem!

Publicidade

Publicidade

Assine nossa mala direta e fique por dentro das principais novidades.

Patrocínio Master

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Notícias

NOTÍCIAS DA SEMANA

Publicado 30 | Novembro

INSCRIÇÕES ABERTAS

Parceria firmada entre o Instituto Brasileiro de Direito Imobiliário, Sinduscon/Pelotas, Secovi Zona Sul e Comissão de Direito Imobiliário da OAB Pelotas, promoverá o “I Ciclo de debates – O impacto jurídico no mercado imobiliário”. O evento, que se realizará em quatro dias, tem como objetivo abordar alguns temas juridicamente relevantes ao setor imobiliário e debater os impactos destes no mercado. O ciclo tem início no dia 6 de dezembro e término previsto para a data de 15 de dezembro. Os assuntos abordados serão tratados por advogados com experiência em estruturação de empreendimentos imobiliários e que representam juridicamente as principais incorporadoras e empresas vinculadas ao setor em nível nacional. Inscrições já estão abertas e os sócios do Sinduscon/Pelotas têm 10% de desconto. Informações pelo fone (53) 98134-4300. 

 DESEMPENHO

Resultado do Produto Interno Bruto (PIB) divulgado na última sexta-feira pelo IBGE comprova que, a despeito do desempenho positivo de 0,7% quando comparado ao 2º trimestre; a construção civil segue como o único segmento da indústria nacional a apresentar resultado negativo em todas as demais bases de comparação do resultado da economia – na anual, na de 12 meses e em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. No terceiro trimestre, o setor demonstrou breve reação, mas não suficiente para indicar recuperação.  

RECURSOS

A Caixa Econômica Federal anunciou a aprovação de uma suplementação de R$ 500 milhões de recursos não onerosos, ou subsidiados, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV).   Os recursos serão direcionados à faixa 1,5, na qual se enquadram famílias com renda de até R$ 2.600,00 por mês.  Essa linha estava prestes a ser suspensa por falta de recursos para o programa. A expectativa é de que os recursos entrem nesta ainda semana para serem distribuídos aos Estados. Até agora, o programa Minha Casa Minha Vida já recebeu R$ 57,4 bilhões em recursos do FGTS subsidiados. 

CONDIÇÕES 

Na faixa 1,5, os financiamentos são concedidos pelo prazo de 30 anos, com juros de 5%. O FGTS financia 90% do valor do imóvel e o Tesouro banca os 10% restantes. Na faixa 1, a parcela bancada pelo governo é bem maior e o mutuário não paga juros. A prestação é de no máximo R$ 270,00 por mês e o financiamento dura dez anos.

 

Fonte: Assessoria

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

publicidade pequena 180x150

publicidade pequena 180x216 3

publicidade pequena 180x150 2